Por que Trabalhar a Tecnologia em Sala de Aula?

Constantemente falamos sobre o uso das tecnologias como aliada na Gestão das Instituições de Ensino, mas neste artigo vamos trazer motivos para trabalhar a tecnologia em sala de aula, tornando o Ensino ainda mais interessante e eficaz.

Uso da Tecnologia em Sala de Aula

Tecnologia em Sala de Aula x Uso Abusivo de Telas

Por outro lado, muito também se fala no uso abusivo de telas, especialmente na Educação Infantil.

A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda, no máximo, uma hora de exposição para crianças entre dois e cinco anos diariamente.

Já no Canadá recomenda-se que crianças menores de dois anos, sequer sejam expostas às telas e a partir desta idade, o apropriado é que não se faça uso pelo menos uma hora antes de dormir.

É preciso evitar o uso abuso de telas na infância

A preocupação é altamente relevante, mas a partir do Ensino Fundamental entende-se que utilizar a tecnologia voltada para os interesses educacionais, podem trazer oportunidades que melhoram efetivamente o aprendizado dos alunos e principalmente a rotina dos professores.

Os profissionais do segmento Educacional que acompanham as tendências tecnológicas são unânimes: usar a tecnologia em sala de aula é uma necessidade que não pode mais ser adiada.

Tecnologia em Sala de Aula não é Sinônimo de Dispersão

Embora não haja regras com relação ao uso adequado da tecnologia em sala de aula, é possível identificar até mesmo em nosso dia a dia, diversas formas que contribuem com a produtividade dos alunos.

Partindo da premissa de que a tecnologia facilita o planejamento, organização e compartilhamento de informações e agendas – através de infinitos recursos que dispensam papéis e canetas – os benefícios vão muito além de uma economia considerável com estes materiais.

Tecnologia em Sala de Aula
A Tecnologia auxilia tanto na organização de agenda e seus compartilhamentos, como também na redução de custos com materiais de escritório

E além disso, é conveniente propor atividades que estimulem a utilização de recursos tecnológicos, promovendo uma saudável troca de informações que contribuam com o assunto debatido em aula.

Mas é preciso cautela com relação ao uso destes facilitadores: crie regras e as esclareça, para que alunos e responsáveis não entendam que utilizar a tecnologia em sala de aula seja sinônimo de dispersão.

Como os Recursos podem ser Utilizados?

O objetivo da utilização dos recursos tecnológicos em sala de aula é bastante claro: tornar as aulas mais interessantes e o ensino mais eficaz.

Inúmeros recursos podem ser utilizados em sala de aula

Por óbvio, algumas tecnologias são mais acessíveis, como smartphones e equipamentos de realidade virtual.

Mas quem, há aproximadamente 20 anos, imaginaria que atualmente muitas Instituições de Ensino estariam equipadas com computadores?

Em situações onde a teoria dos conteúdos sejam extensas e de difícil compreensão, é muito apropriado que professores utilizem recursos visuais para facilitar a aprendizagem.

E neste exemplo podemos inserir os recursos de realidade virtual, que tornam o aprendizado mais concreto.

Tecnologia: realidade virtual

Há também os recursos mobile e Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), para disponibilização de conteúdos complementares que auxiliam os alunos dentro e fora das salas de aula através de arquivos, vídeos, fóruns e outros recursos complementares.

Criatividade é o Principal Recurso

Ainda que algumas tecnologias não sejam acessíveis, a criatividade sempre será o principal e mais necessário recurso – inclusive para criar alternativas de utilização daquelas de fácil acesso.

O momento atual permite diversas possibilidades de trabalhar a tecnologia em sala de aula, mas muito dependerá da criatividade dos educadores.

Tecnologia: criatividade sempre será o principal recurso

Algumas vantagens de utilizar a tecnologia com criatividade e garantir maior envolvimento dos alunos:

  • Estimula o Interesse pelos conteúdos, independente da disciplina;
  • Mais alternativas de compreensão das mesmas informações;
  • Gera interesse pelo debate dos temas propostos;
  • Torna o debate mais interessante:
  • Estimula a pesquisa e autodidatismo;
  • Possibilita a Inclusão de alunos que possuam alguma necessidade especial;
  • Economia de materiais de escritório e financeira;
  • E muitas outras.

Uso de Tecnologias Móveis em sala de Aula, Segundo a UNESCO

Em 2018, durante a semana de aprendizagem móvel (evento sobre tecnologias da informação e comunicação para a educação) a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), apresentou um relatório sobre o potencial da tecnologia para abordar necessidades educacionais dos refugiados, “A Lifeline to Learning: Leveraging Technology to Support Education for Refugees“.

O relatório aborda como as tecnologias móveis contribuem para as necessidades educacionais em todo mundo, especialmente onde o acesso à aprendizagem é limitado por inúmeros fatores – incluindo status e barreiras linguísticas.

tecnologia móvel

Na ocasião, a UNESCO lançou o “Police Guidelines for mobile learning“, com 13 bons motivos para usar tecnologia na sala de aula e outras 10 recomendações:

Bons Motivos:

  • Amplia o alcance e a equidade da Educação;
  • Melhora a educação em áreas com conflito ou que sofreram desastres naturais;
  • Assiste alunos com deficiência;
  • Otimiza o tempo na sala de aula;
  • Permite que se aprenda em qualquer hora e lugar;
  • Constrói novas comunidades de aprendizado;
  • Dá suporte à aprendizagem in loco;
  • Aproxima o aprendizado formal do informal;
  • Provê avaliação e feedback imediatos;
  • Facilita o aprendizado personalizado;
  • Melhora a aprendizagem contínua;
  • Melhora a comunicação;
  • Maximiza a relação custo-benefício da Educação.

Recomendações:

  • Criar ou atualizar políticas ligadas ao aprendizado móvel;
  • Conscientizar sobre sua importância;
  • Expandir e melhorar opções de conexão;
  • Ter acesso igualitário;
  • Garantir equidade de gênero;
  • Criar e otimizar conteúdo educacional;
  • Treinar professores;
  • Capacitá-los usando tecnologias móveis;
  • Promover o uso seguro, responsável e saudável das tecnologias;
  • Usá-las para melhorar a comunicação e a gestão da Educação.

“Não usar tecnologias móveis é perder oportunidades educacionais muito ricas” – Rebeca Otero, Unesco. 2018.

Comente o que Achou:

Mais resultados…

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

CATEGORIAS
MAIS VISTOS